sexta-feira, 11 de novembro de 2016

São Guido Confort falando de São Francisco Xavier

«A figura de Xavier surge para nós neste momento em toda sua grandeza, e nos faz exclamar que o Senhor é sempre admirável em seus Santos e, de modo particular, em Francisco Xavier. Admirável foi sua conversão, operada por Ignácio de Loyola ao proferir uma simples máxima do Evangelho. Admi-ráveis suas ascensões rápidas rumo aos mais altos cumes da perfeição cristã, admirável seu apostola-do, quer pela extensão, que abarcou uma grande parte do Extremo Oriente, quer pelo grande número de conquistas realizadas, admirável pelos inúmeros prodígios realizados por meio de Xavier, a con-firmar a divindade de sua missão; admirável, enfim, sua morte, acontecida no ano de 1552 na Ilha de Sanciano, à vista da imensa China, por cuja conquista suspirava Xavier».
(São Guido Ma. Conforti  1923, 22 de janeiro, Parma – Igreja S. Rocco, Discurso pela  passagem da  relíquia (o braço) de Xavier; FCT 27, 111)